Sair

Laura Widal

Vale a pena empreender?

// 08/07/2016

Há muito tempo não víamos no Brasil tantos profissionais qualificados desempregados. Depois de um tempo buscando recolocação, muitos começam a refletir sobre o Plano B, e, então, pensam se vale a pena empreender.

Primeiro gostaria de trazer para esta reflexão um conceito de empreendedor publicado em um artigo da The Economist em 2014. Há duas visões sobre o que é ser um empreendedor. A primeira é a mais popular: empreendedor é quem dirige seu próprio negócio ou trabalha por conta própria. A segunda visão é que empreendedores são inovadores, pessoas que surgem com grandes ideias e as transformam em empresas de alto crescimento. Os dois são importantes para o crescimento da economia, mas um se concentra em replicar o que existe e manter em pequena escala, e o outro em inovar e mudar a forma como as coisas são feitas. Qual seria o seu caso?

Segunda reflexão: qual a sua motivação para seguir por este caminho? Você entende que é um movimento profissional alinhado aos seus objetivos pessoais e conhece bem a realidade e dia a dia de um empreendedor, com seus ônus e bônus? O trabalho lhe trará as recompensas profissionais e pessoais que você almeja?

Terceiro: você tem as competências necessárias para empreender este projeto com sucesso? Quando mudamos de lado da mesa, ou seja, deixamos de ser empregados para nos tornarmos empreendedores, novas competências e conhecimentos são exigidos e precisam ser aprendidos rapidamente. Na minha visão há pelo menos 5 competências indispensáveis, e posso explorá-las melhor em outro artigo. São elas: Inspirar Pessoas, Comprometimento & Foco, Visão Estratégica & Empreendedora, Capacidade de Execução e Visão do Impacto nos Stakeholders.

Quarto: você fez o planejamento necessário para este movimento? Existe uma questão de ordem prática que é o fato de que a maioria dos negócios não dá resultado financeiro positivo no primeiro mês, talvez nem no segundo ou sexto. Qual é o seu fôlego? Muitas vezes é preciso fazer algum investimento inicial e continuar a fazê-los antes do retorno começar a aparecer.

Converse com pessoas que são empreendedoras, entenda como elas começaram e use essas informações para te ajudar a iniciar da melhor forma possível, se esta for a sua decisão. Nosso país precisa de bons negócios. Boa sorte!